Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
Voto 117/03 (PEV) - Saudação 38º aniversário da APOIARTE - Casa do Artista
19-04-2024

Agendado: 119ª Reunião, 21 de Maio de 2024
Debatido e Votado: 119ª Reunião, 21 de Maio de 2024
Resultado da Votação: APROVADO por UNANIMIDADE

“Aqui não é permitido envelhecer” - Armando Cortez

Constituída por escritura notarial em 27 de Maio de 1986, a APOIARTE - Associação de Apoio aos Artistas celebra neste mês 38 anos de existência, sendo oficialmente reconhecida como uma Instituição Particular de Solidariedade Social (I.P.S.S.) desde 11 de Julho de 1988.

O objectivo principal consistiu na criação de uma residência para os profissionais do mundo do espectáculo, a partir de uma ideia inicial de Raúl Solnado, ainda na década de ’60 do século passado. Como principal missão, a APOIARTE tem procurado dignificar e homenagear todos os artistas portugueses, apoiando aqueles que trabalham ou trabalharam ao serviço das artes e da cultura em Portugal.

Sendo considerada pelos profissionais do mundo do espectáculo como um último reduto de dignidade numa actividade desregulada e instável, através da Casa do Artista, a Associação acolhe produções de outras companhias, contribuindo para a diversidade programática e oferta artística em Lisboa.

Sediado hoje na Estrada da Pontinha, nº 7, na freguesia de Carnide, o complexo da APOIARTE é composto pela sede da Casa do Artista, pelo Teatro Armando Cortez, pelo Centro de Formação, pela Galeria Raúl Solnado, pelo Centro de Documentação Cármen Dolores e pela Residência Sénior. O edifício, desenhado pelos arquitectos do ateliê Augusto Silva Ferreira dos Santos, Luís Rebelo de Andrade e Francisca Ramalho, foi por sua vez inaugurado em 11 de Setembro de 1999, após ter recebido o actor Luís Pinhão como o seu primeiro residente em 5 de Maio de 1999.

Para além das peças em cena no Teatro, incluindo programação infantil, o Centro de Formação ministra aulas de teatro musical e de ballet, de dança criativa, contemporânea e modern jazz, de hip-hop, aulas de instrumento e de canto, oficinas de teatro, de desenho e de pintura, cursos, oficinas, workshops, laboratórios de artes performativas, gravações de locuções e de spots publicitários, dobragens, audio-books e podcasts. Por seu turno, a Residência Sénior oferece serviços Clínicos, de Fisioterapia, Psicologia, Alimentação, Animação Sociocultural e acompanhamento personalizado aos residentes. As instalações são habitados por 71 residentes, com uma média de idades de 83 anos, estando aberta a todos os profissionais do mundo do espectáculo, desde actores, a encenadores e electricistas de palco.

Para erguer todo este projecto, tem contado com verbas concedidas pela Segurança Social por cada residente das I.P.S.S. e uma percentagem de 75% da pensão de cada residente, subsistindo ainda com alguns (poucos) apoios de privados e de mecenas, verbas que, dizem, não são suficientes para manter toda esta estrutura em funcionamento.
Perante este desiderato, e tendo em vista a melhoria e ampliação da oferta cultural nos seus equipamentos, no passado dia 17 de Abril, a CML aprovou, por unanimidade, a celebração de um Protocolo com a APOIARTE.

Neste sentido, a Assembleia Municipal de Lisboa delibera, na sequência da presente proposta do Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes:

1 - Saudar a APOIARTE - Casa do Artista pela excelência do trabalho desenvolvido em prol das Artes e das condições de vida dos artistas e funcionários dos espectáculos, em particular dos mais idosos.
2 - Saudar todos os artistas portugueses que, mesmo perante as dificuldades inerentes ao desempenho e apresentação das artes de palco, têm promovido o acesso e fruição à cultura em geral, através do desenvolvimento e produção das programações culturais, como partes integrantes e inalienáveis da vida da cidade.
3 - Saudar os seus contributos e esforços para a inclusão cultural das pessoas com deficiência visual e auditiva, de modo a facilitar a sua participação e assistência das peças em cena, incluindo em língua gestual.

Mais delibera ainda:

- Enviar a presente saudação à Presidência da República, à Secretaria de Estado da Cultura, à Secretaria de Estado da Segurança Social, à Secretaria de Estado da Acção Social e da Inclusão, à APOIARTE - Casa do Artista, à CML e todos os seus vereadores.

Assembleia Municipal de Lisboa, 19 de Abril de 2024
O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes

Cláudia Madeira
J. L. Sobreda Antunes

Documentos
Documento em formato application/pdf 20240419 Saudação 38º aniversário da Apoiarte - Casa do Artista (1)139 Kb