Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
*
*
*
*
*
Assembleia Municipal de Lisboa aprova por unanimidade as saudações do PEV
24-03-2023

O Partido Ecologista Os Verdes apresentou na sessão da Assembleia Municipal de Lisboa de dia 21 de Março de 2023 quatro saudações que foram aprovadas por unanimidade. A primeira, ao Dia Internacional das Florestas e Dia Mundial da Árvore, outra referente ao Dia Mundial da Água, uma relacionada com o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial e ainda uma última saudação ao Hot Clube de Portugal no âmbito do seu 75º Aniversário.

Assinalou-se no dia 21 de Março o Dia Internacional das Florestas, dia criado com o objectivo de aumentar a consciencialização pública para a importância da preservação das mesmas. Assinala-se, na mesma data, o Dia Mundial da Árvore. Deste modo, Os Verdes pretendem reforçar a importância de a CML valorizar e preservar todo o património arbóreo existente, o Parque Florestal de Monsanto e os jardins e matas da cidade.

No dia Mundial da Água, celebrado a 22 de Março, o Partido Ecologista Os Verdes considera que a par da implementação do Plano Geral de Drenagem de Lisboa, a Câmara deve apoiar a adopção, com carácter de permanência, de medidas de controlo, racionalização e gestão integrada da água na cidade de Lisboa, a par da promoção de campanhas de sensibilização com o objectivo de apelar à necessidade de uma efectiva poupança da água, tendo em vista uma alteração sustentada dos hábitos de uso e consumo eficientes no Município de Lisboa.

Através da saudação ao Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial, data que tem por objectivo mobilizar a sociedade para a luta contra esta discriminação, o PEV relembra que a Constituição da República (Artigo 13.º - Princípio da Igualdade) e a Carta das Nações Unidas estabelecem que todos devem poder usufruir dos direitos humanos e das liberdades fundamentais sem distinção de cor, origem, língua ou religião, para que todos possam viver com dignidade e em igualdade.

O Partido Ecologista Os Verdes saudou também o Hot Clube de Portugal pelo seu 75º aniversário, uma Associação sem fins lucrativos, com o objectivo de promover e divulgar o Jazz em Portugal. O Hot Clube é, reconhecidamente, um dos mais antigos clubes de jazz da Europa e aquele que se mantém a funcionar ininterruptamente há mais anos. A importância do Hot Clube de Portugal na sociedade portuguesa foi oficialmente reconhecida, primeiro em 1995 pela concessão da declaração de Instituição de Utilidade Pública, seguida pelo Prémio Almada Negreiros em 2001, e a Medalha de Mérito Cultural em 2004, ambos atribuídos pelo Ministério da Cultura. No ano em que comemorou 60 anos de fundação, recebeu da Câmara Municipal de Lisboa a Medalha de Honra da Cidade. Em 2009, um incêndio destruiu por completo a cave, tendo o imóvel sido interditado em Janeiro, por ordem camarária, justificada por “questões estruturais” do edifício, o que obrigou à deslocação do HCP para um edifício contíguo. Segundo declarações da presidente da Mesa da Assembleia Geral do HCP, o ‘Hot’ vem aguardando que a Câmara Municipal de Lisboa, tal como se comprometeu, encontre uma morada condigna para a reinstalação do Clube. Os Verdes lamentam que, até aos dias de hoje, o Hot Clube de Portugal continue sem instalações próprias.

Gabinete de Imprensa do Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes
Lisboa, 24 de Março de 2023

Documentos
Documento em formato application/pdf Nota à CS 2023-21 A Assembleia Municipal de Lisboa aprova por unanimidade as saudações do PEV174 Kb