Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
Voto 020/09 - Voto de Pesar - Pelo falecimento do 'Mestre' Afonso Dias
10-05-2022

Agendado: 20ª reunião, 10 de Maio 2022
Debatido e votado: 20ª reunião, 10 de Maio 2022
Resultado da Votação: Aprovado por unanimidade

Faleceu no passado mês de Março, aos 84 anos, Eduardo Afonso Dias, Professor Emérito da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, tendo aí iniciado a sua colaboração como docente do Curso de Arquitectura do Design, em 1994.

Nascido em Lisboa em 1938, Afonso Dias frequentou o Curso de Escultura da Escola Superior de Belas Artes de 1957 a 1960, vindo depois a ser uma figura fundamental não só para a consolidação da formação de muitos jovens em Design de Produto, como para a criação em Portugal do 1º Mestrado em Design (2001) e do 1º Doutoramento em Design (2006), tendo leccionado em ambos os cursos até à sua jubilação aos 73 anos.

Era autor de uma vasta e diversificada obra, desde o design de interiores ao design gráfico, do design expositivo ao desenho de equipamentos e utensílios, passando pelo ensino e por actividades empresariais. Trabalhou com Frederico George, Sena da Silva, Daciano da Costa e Conceição Silva, entre muitos outros nomes incontornáveis da cultura portuguesa e do design, fazendo a ponte entre estes pioneiros do design moderno em Portugal e as gerações seguintes.

Afonso Dias contribuiu de modo indelével para o design português através de parcerias com mais de 60 empresas que, com o seu génio e saber, conseguiu revitalizar nos anos '70, propondo novos conceitos e produtos, e incentivando exportações para vários países, tendo sido o primeiro designer português a trabalhar com uma conhecida empresa de mobiliário sueca, ainda nos anos '60.

Graças à inovação dos processos usados, as suas criações seriam difundidas por toda a Europa, sobretudo a nórdica, mas também os EUA, o Canadá, a Austrália, a Nova Zelândia, o Japão ou Angola, que se viram penetrados pelos seus acessórios de cortiça, polímeros, faqueiros, mobiliário, candeeiros e a faiança pintada, entre muitos outros.

Participou em várias exposições individuais e colectivas desde 1972, ano em que participou na 1ª Exposição de Design Português, na Sociedade Nacional de Belas Artes. A sua última exposição individual teve lugar em 2014, no MUDE - Museu do Design e da Moda - com 'O Design Possível - 50 anos de Profissão', representando uma retrospectiva da sua obra.

Nessa ocasião, Eduardo Afonso Dias doou ao MUDE 353 conjuntos de peças de design de produto, incluindo cutelaria, recipientes, faianças e utensílios funcionais e simples de decoração, considerados icónicos por terem representado mentalidades, hábitos e comportamentos na sociedade portuguesa entre as décadas de 1970 e 1990.

Ao longo da sua carreira recebeu vários prémios e distinções, como o Grande Prémio da Bienal de Design Industrial em 1983 o Prémio Nacional de Design Industrial em 1992 ou ainda em 2000 o Prémio Nacional de Design.

Neste sentido, a Assembleia Municipal de Lisboa delibera, na sequência da presente proposta do Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes:
1 - Prestar as mais sentidas condolências, guardando um minuto de silêncio em memória do 'Mestre' Eduardo Afonso Dias.
2 - Remeter o presente voto de pesar à Presidência da República, ao Ministério da Cultura, à Direcção-Geral das Artes, ao MAAT - Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, à Sociedade Nacional de Belas Artes, ao MUDE - Museu do Design e da Moda, à Câmara Municipal de Lisboa e todos os seus vereadores, à Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e, por seu intermédio, à família enlutada.

Assembleia Municipal de Lisboa, 10 de Maio de 2022
O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes
Cláudia Madeira
J. L. Sobreda Antunes

Documentos
Documento em formato application/pdf 20220510 Voto de Pesar Pelo falecimento do Mestre Afonso Dias476 Kb