Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Popular (CDS/PP)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Popular (CDS/PP)
*
Instalação de porta de correr automáticas em todos os edifícios camarários da cidade de Lisboa
21-05-2020

Debatida e votada a 26 de Maio de 2020
Aprovada por maioria com a abstenção do PCP, PAN e 1 DM independente e com o voto contra de 1 DM independente

A actual situação de saúde pública que se vive em todo o mundo, leva a que, mesmo depois de descoberta a vacina para a actual infecção provocada pelo novo coronavírus, as cidades se preparem para outra pandemia que, tal qual a corrente, e como dizem os especialistas, não se trata de prever se vai acontecer, mas quando tal vai suceder.
É, pois, necessário agir preventivamente pois só assim se pode resistir melhor aos desafios que temos e iremos ter.
Como é já aceite, alguns hábitos que tínhamos por adquiridos, serão moldados a uma nova realidade: a limpeza das mãos em maior número de vezes, o distanciamento físico, etc.
De igual forma, todos os estabelecimentos que atendem público terão novas regras de funcionamento que não sabemos quando serão - se é que alguma vez o vão ser na sua totalidade - extintas.
A Câmara Municipal de Lisboa tem uma responsabilidade acrescida no que à promoção das novéis condições - ditadas por este vírus - diz respeito.
Com pequenos gestos, com cirúrgicas alterações, muito se pode fazer para impedir o contágio deste, ou de outros, vírus.

Também não será despiciendo lembrar que, além do problema humano de quem é infectado com este - ou outro vírus - quanto maior for o número de pessoas infectadas, logo doentes e obrigadas a ficar de quarentena (paga pelo Estado) menor será a capacidade das empresas públicas ou privadas e dos organismos do Estado em cumprir a sua missão.

Com esta recomendação, pretende-se que Lisboa seja, cada vez mais, uma referência na luta contra os problemas trazidos pela actual situação de saúde pública e um exemplo do que se pode fazer já, para corrigir erros do passado e evitar inconvenientes futuros.

Nesse sentido, o Grupo Municipal do CDS-PP propõe à Assembleia Municipal de Lisboa que recomende à Câmara Municipal de Lisboa que:

1. Proceda à substituição nos edifícios camarários - onde tal for possível - das portas de entrada que obrigam a contacto com as mãos, por portas de correr automáticas ou mecanismo alternativo que evite contacto físico;

2. Interceda juntos das empresas municipais para proceder à alteração nos seus edifícios;

3. Avalie, com as Juntas de Freguesia, a possibilidade de alteração e apoio do município se necessário;

4. Que esta substituição - urgente - tenha, como critérios de prioridade:
a. Os locais que tenham atendimento ao público
b. Os locais de trabalho de elevado nº de funcionários

Lisboa, 21 de Maio de 2020

Pelo Grupo Municipal do CDS-PP
Diogo Moura
Maria Luísa Aldim