Assembleia Municipal de Lisboa
Voto 029/02 (BE) - Pesar pelo falecimento de Ricardo Camacho
10-07-2018

Agendado: 10 de Julho de 2018
Debatido e votado: 10 de Julho de 2018
Resultado da Votação: Aprovado por unanimidade
Passou a Deliberação:306/AML/2018
Publicação em BM:2º Suplemento ao BM nº 1278

VOTO DE PESAR

PELO FALECIMENTO DE RICARDO CAMACHO

No passado dia 4 de Julho faleceu Ricardo Camacho, médico e músico português.

Nascido na ilha da Madeira em 1954, foi fundador, produtor, teclista e compositor dos Sétima Legião, banda activa entre 1982 e 2000.

A par do seu percurso na música, formou-se em Medicina na Universidade de Lisboa.
Trabalhou na unidade pediátrica de transplantes de medula do Instituto Português de Oncologia e, mais tarde, dedicou-se à investigação sobre VIH e SIDA no Hospital de Egas Moniz onde dirigiu o laboratório de virologia entre 1994 e 2013.

Foi pioneiro na área da biologia molecular do VIH, actividade que desenvolveu no Egas Moniz em meados dos anos 1990. Este trabalho permitiu implementar os testes de carga viral para o VIH, um passo fundamental para o seguimento das pessoas infectadas pelo VIH, pois é um instrumento para verificar a progressão da infeção e a eficiência de um tratamento.

Mais tarde, foi pioneiro no desenvolvimento de testes de genotipagem do VIH, determinantes para a análise de resistências aos medicamentos antirretrovirais, que permitiram reformular combinações terapêuticas a muitos doentes, com ganhos de saúde incalculáveis.

Investigou e publicou também sobre o VIH-2, infecção menos prevalente do que o VIH-1, sobre o qual existe menos conhecimento e investimento e, em consequência, menos opções de tratamento.

Investigador do Centro de Malária e outras Doenças Tropicais no IHMT, foi também professor na Escola Superior de Ciências da Saúde e na Faculdade de Ciências Médicas, ambas em Lisboa, e na Universidade Católica no Porto. Mais recentemente trabalhou como investigador convidado no Rega Institute for Medical Research em Lovaina, na Bélgica.

A sua atividade científica foi apresentada em inúmeras publicações e comunicações.

Assim, a Assembleia Municipal de Lisboa, reunida em 10 de julho de 2018, delibera, ao abrigo do artigo 25.º, n.º 2 alíneas j) e k) do Anexo I da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro:
1. Prestar a sua homenagem à memória de Ricardo Camacho, pela sua carreira, dedicação à causa pública e para a excelência do Serviço Nacional de Saúde, expressando as mais sentidas condolências à sua família e amigos, e fazendo um minuto de silêncio em sua homenagem.

Lisboa, 10 de julho de 2018
As deputadas e os deputados municipais, eleitos pelo Bloco de Esquerda,

Isabel Pires
Rui Costa
Tiago Ivo Cruz
José Casimiro

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto 029/02 (BE) 78 Kb