Assembleia Municipal de Lisboa
Voto 023/03 (PS/BE) - Pesar pelo falecimento de António Arnaut
22-05-2018

Agendado: 22 de maio de 2018
Debatido e votado: 22 de maio
Resultado da Votação: Aprovado por unanimidade
Passou a Deliberação: 214/AML/2018
Publicação em BM:3º Suplemento ao BM nº. 1270

VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DE ANTÓNIO ARNAUT

Em 28 de janeiro de 1936, nascia na Cumeeiro, Penela, António Arnaut. Advogado, poeta e escritor, António Arnaut envolveu-se desde jovem na oposição ao Estado Novo e participou na candidatura presidencial de Humberto Delgado, tendo mais tarde, em 1969, sido candidato à Assembleia Nacional pela Comissão Democrática Eleitoral nas eleições legislativas.

Fundador do PS, militante dedicado e Presidente honorário do PS, desde 2016, honrou-nos como deputado à Assembleia Constituinte, à Assembleia da República e como governante.
António Arnaut será sempre lembrado como o "pai do Serviço Nacional de Saúde". Foi ainda Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano e agraciado com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade e com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

Autor de várias obras, a última delas com João Semedo, "Salvar o SNS". Em 2014 foi distinguido com um doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Coimbra.
Foi até ao último dia cidadão empenhado, um homem que personificava o conceito de ética republicana.

Assim, a Assembleia Municipal de Lisboa, reunida a 22 de maio de 2018, delibera manifestar o seu mais profundo pesar pelo falecimento de António Arnault, guardando um minuto de silêncio.

Pelo Grupo Municipal do PS
José Leitão
Pelo Grupo Municipal do BE Isabel Pires

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto 023/03 (PS/BE)47 Kb