Assembleia Municipal de Lisboa
Voto de pesar 02/111 (BE) - Condenação e pesar pelo atentado de Orlando, Estados Unidos da América
21-06-2016

Agendado: 111ª reunião, 21 de Junho de 2016
Debatido e votado: 21 de Junho de 2016
Resultado da Votação: Aprovado por unanimidade
Passou a Deliberação: 177/AML/2016
Publicação em BM: BM nº 1170

PELO ATENTADO DE ORLANDO, ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
No passado domingo, dia 12 de Junho, os Estados Unidos da América e o Mundo acordaram em choque.
Nas primeiras horas do dia, um terrorista armado entrou num bar em Orlando, na Florida, fazendo 49 vítimas mortais e 53 feridos.
O ataque foi motivado pelo ódio homofóbico e reivindicado pelo Daesh, foi um ataque a pessoas LGBT, um ataque homo-bi-transfóbico. É, portanto, um crime de ódio.
Haverá certamente uma reflexão interna, a fazer nos Estados Unidos, sobre as condições em que é exercido o direito ao porte de arma.
Há seguramente uma reflexão que é global e que não pode deixar de condenar sem hesitações todas as formas de terrorismo e todas as formas de ódio.
No passado domingo, assistimos mais uma vez a um ataque às liberdades e ao direito à diferença que caracterizam as sociedades plurais e abertas, respeitadoras dos direitos humanos.
Esse é o nosso chão comum de valores, e por isso mais uma vez expressamos o nosso mais sentido pesar às famílias das vítimas e a nossa mais profunda condenação por este ato bárbaro contra uma comunidade em específico: as pessoas Lésbicas, Gay, Bissexuais e Transgénero.
Mais uma vez, as vezes que for preciso. Não deixaremos que a sucessão destes casos os faça cair no esquecimento.
A repetição de atentados deste tipo não pode significar a indiferença da banalização nem a cedência às respostas intolerantes.
A brutalidade e a quantidade dos casos só nos deve empenhar mais numa resposta global ao terrorismo, não violenta, que promova a segurança através da liberdade e a liberdade através da segurança.


Assim, a Assembleia Municipal de Lisboa, reunida em Sessão Ordinária a 21 de Junho de 2016, ao abrigo do artigo 25.º, n.º 2, alíneas j) e k) do Anexo I da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, delibera:
1. Manifestar o seu profundo pesar e condenação pelo ataque a pessoas LGBT que decorreu em Orlando no passado domingo;
2. Guardar um minuto de silêncio em sua memória;
A Assembleia Municipal de Lisboa delibera ainda remeter a presente moção para:
• Academia Cidadã;
• actiBIstas - coletivo pela visibilidade bissexual;
• AMPLOS;
• APF - Associação para o Planeamento da Família;
• Bichas Cobardes;
• Conselho Nacional da Juventude;
• GAT
• Grupo Transexual Portugal ;
• ILGA Portugal;
• Lóbula;
• Marcha Mundial das Mulheres - Portugal;
• não te prives;
• O Clítoris da Razão;
• Opus Gay;
• Panteras Rosa;
• PolyPortugal;
• Precários Inflexíveis;
• rede ex aequo;
• Rota Jovem;
• SOS Racismo;
• UMAR
Lisboa, 21 de Junho de 2016
As Deputadas e os Deputados Municipais eleitos pelo Bloco de Esquerda,

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto 02 /111 (BE)87 Kb