Assembleia Municipal de Lisboa
Voto de pesar 08/086 (Todos) - Lisboa solidária com Paris
17-11-2015

Agendado: 86ª reunião, 17 de Novembro de 2015
Debatido e votado: 17 de Novembro de 2015
Resultado da Votação: Aprovado por unanimidade e salva de palmas em homenagem às vítimas
Passou a Deliberação: 276/AML/2015
Publicação em BM: 3º Suplemento ao BM nº 1135

Voto de pesar

Foi com grande consternação que os cidadãos de Lisboa acompanharam os atentados terroristas ocorridos na noite da passada sexta-feira na cidade de Paris. Tratou-se de uma acção criminosa levada a cabo em nome de fundamentalismos que sempre rejeitámos, vitimando inocentes à queima roupa, em circunstâncias particularmente cobardes e de total desprezo pelas vidas humanas sacrificadas.

A coragem e o sentido de responsabilidade democrática são agora mais necessários do que nunca. Os valores da Liberdade, da Igualdade e da Fraternidade que a França inscreveu na sua História fazem parte do património da Humanidade e não podem ser espezinhados.

Não podemos ignorar que a tentação de fechar fronteiras aos refugiados que fogem da guerra é agora mais forte e vai-se agravar no seio dos países europeus. Construir um mundo mais seguro não se alcançará sem um combate firme ao terrorismo, à xenofobia e a todas as formas de fundamentalismo que não hesitam em procurar impor-se pela violência.

Assim, a Assembleia Municipal de Lisboa, reunida em 17 de novembro de 2015 e expressando o sentir comum dos lisboetas que representa, delibera:

  • expressar o seu mais profundo pesar pelas vítimas dos atentados terroristas de 13 de novembro em Paris;
  • *manifestar a sua solidariedade para com a cidade de Paris e o povo francês nestes dias

sombrios em que a coragem tem de voltar a ser quotidiana;*

  • repudiar as acções xenófobas que pretendem fazer recair um anátema sobre os refugiados da guerra na Síria, cuja situação humanitária continua a interpelar-nos;
  • reiterar que as relações entre povos e culturas devem ser construídas na base da fraternidade e da liberdade, contribuindo, como defende a Constituição da República Portuguesa, para "o estabelecimento de um sistema de segurança colectiva, com vista à criação de uma ordem internacional capaz de assegurar a paz e a justiça nas relações entre os povos."
  • transmitir esta deliberação ao Embaixador da França em Portugal, à Assembleia da República e ao Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Lisboa, 17 de novembro de 2015

Os subscritores

(Todos os Deputados Municipais)

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto de pesar 08/86 (Todos) - Lisboa solidária com Paris179 Kb
Documento em formato application/pdf 3º Suplemento ao BM nº 11351453 Kb