Assembleia Municipal de Lisboa
Voto de pesar 02/062 (PSD) - Armando Sevinate Pinto
31-03-2015

Agendado: 62ª reunião, 31 de Março de 2015
Debatido e votado: 31 de Março de 2015
Resultado da Votação: Aprovado por Unanimidade
Consultar voto em PDF anexo
Passou a Deliberação: 58/AML/2015
Publicação em BM: 2.º Supl. ao BM 1102

Voto de pesar
Faleceu no dia 29 de Março Armando Sevinate Pinto
Armando José Cordeiro Sevinate Pinto nasceu em Ferreira do Alentejo a 1 de janeiro de 1946, era casado e tinha dois filhos. Licenciado em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia, Sevinate Pinto foi ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas do XV Governo Constitucional PSD/CDS-PP, era Durão Barroso primeiro-ministro. Dois anos depois, e dada a experiência como consultor em várias empresas, foi também consultor do Presidente da República para as questões relacionadas com a Agricultura e com o Mundo Rural. O seu percurso profissional começou como técnico, para mais tarde se tornar diretor e, depois, diretor-geral do Ministério da Agricultura. Em 1987 acabaria nomeado para dirigir a Comissão Europeia em Bruxelas (do FEOGA/Orientação, das Estruturas e Investimentos Agrícolas, das Florestas, da Investigação Agrária e do Desenvolvimento Rural), de onde saiu a seu pedido. A 10 de junho de 2005 recebeu das mãos de então presidente da República, Jorge Sampaio, a Grã-cruz da Ordem de Cristo. Uma condecoração feita numa cerimónia no Pavilhão Multiusos de Guimarães.
Por todo o serviço que prestou ao país, nomeadamente ao governo de Portugal, justifica que seja deliberado um voto de pesar da Assembleia Municipal de Lisboa e transmitida tal decisão à família enlutada de Sevinate Pinto.
Lisboa, 30 de Março de 2015
O Presidente do Grupo Municipal do PSD
Sérgio de Azevedo

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto de pesar 02/62 (PSD)190 Kb