Assembleia Municipal de Lisboa
Recomendação 04/120 (PAN) - Criação de piscinas exteriores na cidade de Lisboa
18-10-2016

Agendada: 120ª reunião - 18 de Outubro de 2016
Debatida e votada: 18 de Outubro de 2016
Resultado da Votação: Aprovada por maioria com a seguinte votação: Favor: PS/ PCP/ BE/ CDS-PP/ PAN/ 6 IND – Contra: PNPN – Abstenção: PSD/ PEV/ MPT
Passou a Deliberação: 337/AML/2016
Publicação em BM: 2º Suplemento ao BM nº 1189

Criação de piscinas exteriores na cidade de Lisboa

Lisboa não tem praia, embora tenha diversas praias nas proximidades, mas o acesso a essas praias nem sempre é fácil ou barato. E, também não tem piscinas exteriores municipais e economicamente acessíveis à maioria dos lisboetas e visitantes da cidade.
A cidade de Lisboa dispõe, de facto, de diversos complexos de piscinas municipais, mas todos eles concessionados, e só um com piscina exterior (nos Olivais).
O Complexo Desportivo Municipal dos Olivais fechou em 2006 por falta de manutenção, e foi posteriormente concessionado a uma cadeia de ginásios.
Presentemente as piscinas exteriores existentes em Lisboa pertencem a clubes, ginásios e hotéis, privados, custando cada entrada de adulto um mínimo de 10 euros.
Assim, passar umas horas numa piscina, sozinho ou em família, não tem um custo acessível para a maioria dos lisboetas.
Nadar, brincar, ler e apanhar banhos de sol à beira de uma piscina, sobretudo para crianças e adolescentes, é uma forma de diversão saudável e entretém, sendo também um centro de convívio entre as diferentes gerações.
Por outro lado, presentemente, existem meios alternativos para manutenção de piscinas públicas que não implicam a utilização de químicos agressivos para o ambiente, nomeadamente as piscinas biológicas, que mantêm um aspeto visual natural, sendo a depuração da água executada com o recurso a espécies aquáticas nelas instaladas.
Além de que, a nossa cidade tem um clima ameno, o que permitiria um período alargado de abertura ao público e a rentabilização destes novos equipamentos.
Pelo exposto, vem o Grupo Municipal do PAN propor que a Assembleia Municipal de Lisboa delibere recomendar à Câmara Municipal de Lisboa que inicie os procedimentos necessários para a construção de um ou mais complexos de piscinas municipais exteriores, acessíveis a todos.

Lisboa, 18 de Outubro de 2016

Pessoas - Animais – Natureza
(GM PAN)

Miguel Santos

Documentos
Documento em formato application/pdf Recomendação 04/120 (PAN)87 Kb